Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Sobre o Selo

O Grupo Editorial Autêntica partiu, em 2011, para uma grande empreitada: os quadrinhos. E para abarcar as obras dessa fascinante forma de arte, a Editora Nemo foi criada. A proposta inicial da Nemo era reunir nomes mundialmente reconhecidos das HQs e autores brasileiros contemporâneos, valorizando essa linguagem artística repleta de preciosidades. Entre os autores que compõem o catálogo da editora estão os consagrados Jean Giraud, francês conhecido internacionalmente pelo pseudônimo Moebius, o italiano Hugo Pratt, criador do clássico personagem Corto Maltese, o francês Jacques Tardi, autor de brilhantes HQs históricas, o genial Enki Bilal e o surpreendente Frederik Peeters. O catálogo é também composto por vários talentos dos quadrinhos nacionais, como Flavio Colin, Will, Lillo Parra, José Aguiar, entre outros. O time de autoras nacionais da Nemo conta com as premiadas quadrinistas Lu Cafaggi, Bianca Pinheiro, Fernanda Nia, Fefê Torquato e roteiros da best-seller Paula Pimenta. Cumprindo com brilhantismo sua proposta inicial, a editora viu a necessidade de trazer também a publicação de graphic novels com temáticas de relevância, como questão de gênero, abuso sexual, misoginia e responsabilidade social para o Brasil. Céline Fraipont, Pierre Bailly, Ugo Bertotti, Mana Neyestani, Power Paola, Margaux Motin, Pénélope Bagieu, Julia Wertz e muitos outros incorporam o time de autores que prometem romances gráficos instigantes e inesquecíveis. Com a proposta de combater o preconceito existente no segmento, a editora agora aposta em publicações de autoria feminina para mostrar que, mais do que nunca, as mulheres têm produzido quadrinhos de qualidade no mundo todo. Em 2015, a editora assumiu o desafio de publicar também livros voltados ao universo Geek, como as aventuras protagonizadas por personagens de LEGO e as que se passam no ambiente do jogo Minecraft. Destas últimas, A espada de Herobrine e A vingança de Herobrine, do brasileiro Jim Anotsu, encontraram grande repercussão, tendo seus direitos de tradução vendidos para países como Portugal, França, Alemanha e Reino Unido. A direção executiva da Nemo é de Arnaud Vin, francês radicado no Brasil há mais de 20 anos.