Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

O dia de morrer



Abreu, José Sirqueira (Autor)

autor brasileiro, ficção


Sinopse

Suas aulas sempre arrebatadoras. Gritos e aplausos eram frequentes. Entusiasmos, bom humor e, claro, muita técnica operacional. Até a tropa que estava de folga concorria a vagas na sala de aula que muitas vezes se dava sobre um tanque, um caminhão, numa prancha sobre o mar ou na escalada de uma cordilheira. Em qualquer lugar o saber jorrava, soberbo. Heitor é herói de duas guerras. Já integrou as forças de paz da ONU e também as forças de ocupação das Nações Unidas e Países Aliados. Respeitado como combatente sagaz e de uma coragem descomunal, quase inconsequente, não fosse a disciplina e o treinamento que recebeu. Apesar de tanto preparo, é de uma simplicidade pueril. Quando Heitor terminou os cumprimentos e voltava para se trocar em seu alojamento, percebeu-se paralisado diante dela: alta, branca, cabelos claros, olhos azuis, rosto sisudo, voz bonita, incomum. Havia nela uma beleza arrebatadora, adventícia, quase exótica, de provocação sensual a endoidecer, de personalidade inconciliável e distante, que lhe dava a imagem de arrogante. Entretanto, ao mesmo tempo, suave, envolvente, discreta e cativante na forma de falar, o que captou como alçapão toda a estrutura do jovem militar. Como explicar aquilo? Como entender o que sentia? Excitante mas que dá medo, muito medo? Ele permaneceu sob seus encantos, em rapto instantâneo de todos os seus sentidos. Segundos eternos. Por um instante fenece tolo e frágil, como se acorrentado, subjugo involuntário quanto impiedoso de uma diva caprichosa. Suas energias, inteligências e percepções, por alguns instantes, rendidas, sequestradas e ao arbítrio dela. Logo ela, para a maioria das pessoas, sempre pareceu mais esquisita que bela. Ainda que tivesse corpo lindo e uma inteligência rara, não era vista pela maioria das pessoas como mulher sensual e bonita. Alguns a percebiam como uma loira desajeitada, com inteligência incomensurável e exótica. Todavia, o acostumado combatente não se contém aos impulsos indômitos. Tentava conter, em segredo, sem se denunciar. Resiste, domina o vulcão e persiste impávido. Percebe que circulava em si o misto de alegria, surpresa, medo, encanto e dor. Ele rompeu o silêncio profuso estendendo a mão em seu franco e condescendente sorriso. — Permita-me apresentar, senhora, sou Heitor.

Metadado adicionado por Chiado Books em 28/09/2020

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Chiado Books

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9789895289189
  • Livro Impresso
  • O dia de morrer
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • 1
  • --
  • --
  • Abreu, José Sirqueira (Autor)
  • autor brasileiro, ficção
  • Literatura nacional
  • FIC000000
  • 2020
  • 11/11/2020
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 14 x 22 x 0.16 cm
  • 0.164 kg
  • Brochura
  • 146 páginas
  • R$ 33,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9789895289189
  • 9789895289189
  • --