Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Ousadas - Mulheres que só fazem o que querem



Bagieu, Pénélope (Autor), Silveira, Renata (Tradutor)

Ousadas, Pénélope Bagieu, mulheres, histórias reais, feminismo, mulheres independentes, Temple Grandin, Sonita Alizadeh, Cheryl Bridges, Thérèse Clerc, Betty Davis, Nellie Bly, Phoolan Devi, The Shaggs, Katia Krafft, Jesselyn Radack, Hedy Lamarr, Naziq al-Abid, Frances Glessner Lee, Mae Jemison, Peggy Guggenheim, patriarcado, Prêmio Eisner


Sinopse

VENCEDOR DO PRÊMIO EISNER 2019

A conclusão da série que é sucesso de público e crítica

Sonita, rapper afegã e militante no exílio; Thérèse, benfeitora de senhoras parisienses; Nellie, jornalista investigativa no século XIX; Cheryl, atleta de maratona; Phoolan, líder de bando e símbolo dos oprimidos na Índia... Personagens da vida real, elas quebraram preconceitos. Este segundo volume traz quinze novos perfis divertidos e sensíveis de mulheres que criaram o próprio destino.

Metadado adicionado por Grupo Autêntica em 23/02/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Grupo Autêntica

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9788582865224
  • Livro Impresso
  • Ousadas - Mulheres que só fazem o que querem
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • 2
  • --
  • Culottées (Tome 2): Des femmes qui ne font que ce qu'elles veulent
  • Bagieu, Pénélope (Autor), Silveira, Renata (Tradutor)
  • Ousadas, Pénélope Bagieu, mulheres, histórias reais, feminismo, mulheres independentes, Temple Grandin, Sonita Alizadeh, Cheryl Bridges, Thérèse Clerc, Betty Davis, Nellie Bly, Phoolan Devi, The Shaggs, Katia Krafft, Jesselyn Radack, Hedy Lamarr, Naziq al-Abid, Frances Glessner Lee, Mae Jemison, Peggy Guggenheim, patriarcado, Prêmio Eisner
  • Literatura estrangeira
  • CGN007010
  • 2020
  • 20/03/2020
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 17 x 24 x 1.2 cm
  • 0.344 kg
  • Brochura
  • 168 páginas
  • R$ 54,90
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788582865224
  • 35599
  • --

Áreas do selo: ArtesInfantojuvenilLiteratura estrangeiraLiteratura nacionalTeoria e crítica literária

O Grupo Editorial Autêntica partiu, em 2011, para uma grande empreitada: os quadrinhos. E para abarcar as obras dessa fascinante forma de arte, a Editora Nemo foi criada. A proposta inicial da Nemo era reunir nomes mundialmente reconhecidos das HQs e autores brasileiros contemporâneos, valorizando essa linguagem artística repleta de preciosidades. Entre os autores que compõem o catálogo da editora estão os consagrados Jean Giraud, francês conhecido internacionalmente pelo pseudônimo Moebius, o italiano Hugo Pratt, criador do clássico personagem Corto Maltese, o francês Jacques Tardi, autor de brilhantes HQs históricas, o genial Enki Bilal e o surpreendente Frederik Peeters. O catálogo é também composto por vários talentos dos quadrinhos nacionais, como Flavio Colin, Will, Lillo Parra, José Aguiar, entre outros. O time de autoras nacionais da Nemo conta com as premiadas quadrinistas Lu Cafaggi, Bianca Pinheiro, Fernanda Nia, Fefê Torquato e roteiros da best-seller Paula Pimenta. Cumprindo com brilhantismo sua proposta inicial, a editora viu a necessidade de trazer também a publicação de graphic novels com temáticas de relevância, como questão de gênero, abuso sexual, misoginia e responsabilidade social para o Brasil. Céline Fraipont, Pierre Bailly, Ugo Bertotti, Mana Neyestani, Power Paola, Margaux Motin, Pénélope Bagieu, Julia Wertz e muitos outros incorporam o time de autores que prometem romances gráficos instigantes e inesquecíveis. Com a proposta de combater o preconceito existente no segmento, a editora agora aposta em publicações de autoria feminina para mostrar que, mais do que nunca, as mulheres têm produzido quadrinhos de qualidade no mundo todo. Em 2015, a editora assumiu o desafio de publicar também livros voltados ao universo Geek, como as aventuras protagonizadas por personagens de LEGO e as que se passam no ambiente do jogo Minecraft. Destas últimas, A espada de Herobrine e A vingança de Herobrine, do brasileiro Jim Anotsu, encontraram grande repercussão, tendo seus direitos de tradução vendidos para países como Portugal, França, Alemanha e Reino Unido. A direção executiva da Nemo é de Arnaud Vin, francês radicado no Brasil há mais de 20 anos.

Saiba mais