Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Letras insubmissas
ensaios sobre literatura e transgressão



Borges, Luciana (Organizador), Carrijo, Silvana Augusta Barbosa (Organizador)

ensaios, identidade de geNêros, literatura, memória


Sinopse

Letras insubmissas: ensaios sobre literatura e transgressão reúne artigos que apresentam como motto principal a abordagem de obras que, cada uma a seu modo, representam transgressões da ordem social ou reconfigurações do campo literário. No conjunto, analisa-se a relação da literatura com as diversas formas de transgressão, seja em relação à linguagem, à forma, à identidade ou ao gênero e aos comportamentos socialmente impostos, bem como a representação de transgressões formais ou temáticas na produção literária. Algumas propostas exploram também a construção de personagens transgressoras, indicando as rupturas necessárias à constante renovação da produção literária no Brasil e no exterior. O presente livro se vincula à linha de pesquisa Literatura, Memória e Identidade, do Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem, Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, destinando-se especialmente a estudiosos e pesquisadores das Ciências Humanas, estudantes de pós-graduação e graduação das áreas de Literatura e Linguística, Artes e áreas afins, bem como a qualquer leitor ou leitora que se interesse pelos temas e discussões nele propostos, no intuito de ajudar a pensar que a literatura estaria sempre ao lado do inacabamento, da transgressão e da proposição de novas perspectivas para a criação, para a arte e para a existência.

Metadado adicionado por Editora Mercado de Letras em 24/02/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Mercado de Letras

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9788575915059
  • Livro Impresso
  • Letras insubmissas
  • ensaios sobre literatura e transgressão
  • 1 ª edição
  • Série estudos da linguagem
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Borges, Luciana (Organizador), Carrijo, Silvana Augusta Barbosa (Organizador)
  • ensaios, identidade de geNêros, literatura, memória
  • Paradidáticos / Referência
  • 400
  • LAN000000
  • 2021
  • 22/02/2021
  • Português
  • Brasil
  • acima de 12 anos
  • Não recomendado para menores de 12 anos
  • 14 x 21 x 1.3 cm
  • 0.301 kg
  • Brochura
  • 256 páginas
  • R$ 64,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788575915059
  • 9788575915059
  • --

Sumário

SUMÁRIO

Apresentação

TRANSFORMAR, RENOVAR: A LITERATURA COMO POTÊNCIA TRANSGRESSORA 7
Luciana Borges e Silvana Augusta Barbosa Carrijo

Primeira Parte
Corpos e discursos que transgridem: Identidades, gênero e seus entornos

A CLIVAGEM CENTRO – MARGENS E A TRANSGRESSÃO DO STATUS QUO NAS NARRATIVAS DE AUTORAS NATIVO-AMERICANAS 19
Ana Maria Marques da Costa Pereira Lopes e Zaida Pinto Ferreira

UMA AUTOBIOGRAFIA A QUATRO MÃOS A ESCRITA DE SI E DOS MUITOS OUTROS: DAVI KOPENAWA 45
Claudia Renata Duarte e Tânia Regina de Oliveira Ramos

DUAS MULHERES E UM HOMEM: NADA A DIZER 79
Suely Leite

BEAUVOIR NA ALCOVA SÁDICA 99
Luísa Cristina dos Santos Fontes

CORPOS (TRA)VESTIDOS: EROTISMO, TRANSGRESSÕES DO GÊNERO E AS MARGENS INSTÁVEIS DO DESEJO NA FICÇÃO ERÓTICA DE AUTORIA FEMININA 115
Luciana Borges

DESEJAR, DESERTAR, TRANSGREDIR 139
Fábio Figueiredo Camargo

Segunda Parte

É DE PEQUENINO QUE SE TRANSGRIDE O PEPINO

O AMEDRONDATOR AMEDRONTADO – A INADEQUAÇÃO DO SUJEITO NA NARRATIVA FANTÁSTICA CONTEMPORÂNEA: REFLEXÕES SOBRE TRANSGRESSÃO E DENÚNCIA SOCIAL NO CONTO

“O FANTASMA”, DE LUIZ VILELA 161
Eliane A. Galvão Ribeiro Ferreira, Ricardo M. Bulhões e Silvana Augusta Barbosa Carrijo

ESPERANÇA GARCIA:A ESCRITA DA MULHER NEGRA EM TEMPOS INGLÓRIOS 181
Eliane Debus e José Carlos Debus

UM TEMPO QUE DANÇA: A VELHICE RESSIGNIFICADA 195
Flávia Brocchetto Ramos, Marli Cristina T. Marangoni e Verônica Bohm

MARINA COLASANTI: NOVA TECELÃ DE ANTIGAS TEIAS 221
José Nicolau Gregorin Filho

MONTEIRO LOBATO: A RELEVÂNCIA DA TRANSGRESSÃO LINGUÍSTICA NA CONSTRUÇÃO FICCIONAL 237
Maria Teresa G. Pereira e Tania Maria N. de Lima Camara

SOBRE OS AUTORES 249