Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Crítica da razão cínica



Sloterdijk, Peter (Autor), Casanova, Marco (Tradutor), Soethe, Paulo (Tradutor), Rego, Pedro Costa (Tradutor), Cardozo, Mauricio Mendonça (Tradutor), Hiendlmayer, Ricardo (Tradutor)

Filosofia, kant, Crítica da razão pura, Humanismo


Sinopse

Lançada em 1983, por ocasião do bicentenário da publicação de Crítica da razão pura, de Kant, esta obra nos coloca no centro da reflexão filosófica contemporânea ao criticar a modernidade. Perante o cinismo moderno como remédio e como excesso/ultrapassagem, o autor sugere redescobrir os valores/virtudes do cinismo antigo que praticava a filosofia de Sínope: o riso, a inventiva, os ataques.

Metadado adicionado por Editora Estação Liberdade em 02/08/2016

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Estação Liberdade

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9788574482095
  • Livro Impresso
  • Crítica da razão cínica
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Kritik der zynischen vernunft
  • Sloterdijk, Peter (Autor), Casanova, Marco (Tradutor), Soethe, Paulo (Tradutor), Rego, Pedro Costa (Tradutor), Cardozo, Mauricio Mendonça (Tradutor), Hiendlmayer, Ricardo (Tradutor)
  • Filosofia, kant, Crítica da razão pura, Humanismo
  • Humanidades
  • PHI000000, PHI035000
  • 2020
  • 01/06/2012
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 16 x 23 x 4 cm
  • 1.022 kg
  • Brochura
  • 720 páginas
  • R$ 115,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9788574482095
  • 9788574482095
  • --

Sumário

Prefácio
Análise: cinco considerações prévias
1. Cinismo: crepúsculo da falsa consciência
2. Esclarecimento como diálogo - Crítica à ideologia como prosseguimento do diálogo fracassado por outros meios
3. Os oito desmascaramentos - Revisão crítica
4. Depois dos desmascaramentos: crepúsculo cínico. Esboços para a autorrevogação do éthos do Esclarecimento
5. Em busca da insolência perdida
Cinismo no processo do mundo
I. Seção principal fisionômica
II. Seção principal fenomenológica
III. Seção principal lógica
IV. Seção principal histórica
Conclusão. A caminho de uma crítica da razão subjetiva
Referência bibliográfica e agradecimentos
Crédito das ilustrações