Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

O signo e o ser das coisas mesmas
introdução a uma filosofia das duas estruturas (signo/mundo)



Ferreira, Manoel Mathias (Autor)

COMUNICAÇÃO, LINGUAGEM, SIGNOS E SIMBOLOS, LINGUÍSTICA


Sinopse

O presente livro aborda a filosofia de uma forma geral, fazendo a relação entre filosofia da natureza e filosofia da linguagem, pensando não ser possível separar as duas formas de filosofia. Não é uma revisão histórica da filosofia, mas tem uma pretensão ambiciosa: Confrontar tudo o que se tem pensado em filosofia, fazendo uma espécie de acomodação/confrontada entre filosofia da linguagem e filosofia da natureza. Partindo da obviedade de que as palavras não são as coisas, faço a seguinte proposição: na relação entre homens e as coisas do mundo, criam-se as palavras; na relação entre homens e as palavras ampliam-se as coisas. Na origem, as palavras (signos) surgem para responder as necessidades das relações entre os homens e desses com as coisas do mundo; no desenvolvimento dessas relações, as palavras ampliam as formas de pensar do homem em relação às próprias coisas do mundo, criando-se novas coisas apenas por palavras. Assim, existem palavras que não têm referência nas coisas do mundo, mas não existem, principalmente para o pensamento humano, coisas no mundo que não sejam nomeadas e/ou representadas por palavras. Existem nomes sem coisas, mas jamais coisa sem nome. Nesse caso, a palavra estabelece a ordem para todas as coisas existentes no mundo e, ao mesmo tempo, elabora a ordem para as coisas que existem como possibilidade dentro e além do mundo. As crenças religiosas, a mística popular e a ficção/especulação científica fazem muito bem esse trabalho: criam nomes sem coisas.

Metadado adicionado por Editora Mercado de Letras em 24/02/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Mercado de Letras

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786586089301
  • Livro Impresso
  • O signo e o ser das coisas mesmas
  • introdução a uma filosofia das duas estruturas (signo/mundo)
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Ferreira, Manoel Mathias (Autor)
  • COMUNICAÇÃO, LINGUAGEM, SIGNOS E SIMBOLOS, LINGUÍSTICA
  • Paradidáticos / Referência
  • 302.2
  • SOC000000
  • 2021
  • 21/02/2021
  • Português
  • Brasil
  • acima de 12 anos
  • Não recomendado para menores de 12 anos
  • 12 x 22 x 1.4 cm
  • 0.309 kg
  • Brochura
  • 288 páginas
  • R$ 72,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786586089301
  • 9786586089301
  • --

Sumário

Sumário

Introdução 7

A relação lógico/psicológico 15

A configuração 27

O número como signo 33

A estrutura do mundo mesmo (a coisa em si) 41

Objetos e fenômenos como nuvens em movimento 51

A relação espaço\tempo 55

Espaço/tempo 2 As duas estruturas do mundo humano 67

A dança do mundo em relação a dança dos signos (movimento mundo/signo) O corpo físico e a relatividade 85

O ser da consciência 97

O problema do Ser mesmo 103

Verbo ser em-si q O ser da igualdade e da diferença: Eu = # eu

O corpo no espaço 119

A gramática gerativa 123

A lógica da sobrevivência e do desenvolvimento 139

A concepção dialética da formação do homem 143

O problema da origem/invenção da língua 149

A formação de conceitos pelas crianças (estudo com Vitória) 165

Relação do Pensamento com a linguagem q As formas de desenvolvimento dos conceitos q O Pensamento sincrético q O pensamento por complexo (mais geral, e atravessa as outras 3 fases) q O pensamento por complexo em cadeia q Pensamento formados por pseudo-conceitos q O pensamento por conceitos potenciais q O pensamento por conceitos autênticos q A zona de desenvolvimento Real e Potencial na formação de conceitos em Vitória q O Método educativo q Os conceitos de Vitória q Primeira observação/experimentação q Segunda observação q A escrita no caderno de Vitória – A forma da escrita científica A formação linguística da mente:
função intelectual das operações com signos linguísticos 231

As operações com signos linguísticos q O signo linguístico q O valor da significação q A ideia de transformação q Conclusão do capítulo Ética da filosofia das duas estruturas 277

Referências 283