Precisa de ajuda?

+ 55 11 3706-2995
[email protected]

Livro Impresso

Cuidar da Criança é Construir a Raça Brasileira: Políticas Públicas de Assistência à Infância no Brasil - 1930 a 1945



Medeiros, Helber Renato Feydit de (Autor)

Ciências da Saúde e Biológicas, Multidisciplinaridades em Saúde e Humanidades


Sinopse

Quando se fala em raça e eugenia nos dias de hoje, logo vem à mente os horrores praticados nos campos de concentração nazistas na Segunda Guerra Mundial. O extermínio de minorias e as experiências científicas para a criação da raça perfeita, com base científica nas pesquisas eugênicas, foi amplamente utilizada pelos seguidores de Hitler com o apoio das tropas da SS de Hienrich Himmler e de médicos como Joseph Mengele em Auschwitz e nos demais campos de concentração nazistas. No entanto, as experiências científicas não se restringiram apenas à Alemanha. Nos Estados Unidos elas foram desenvolvidas para controlar a natalidade de pessoas de cor, por meio da esterilização. E o mais incrível nessa história é que essas práticas sobreviveram após o fim da Segunda Guerra Mundial, pelo menos até a década de 1970. A eugenia, que deveria ser extinta como ciência após os horrores nazistas, sobreviveu e se aperfeiçoou na ciência da genética humana. No Brasil, a defesa da eugenia sobreviveu com Renato Kehl, seu maior defensor, até o final da década de 1950. Ela se instalou no Brasil em diversos campos, como o do direito, do saneamento, da higiene mental, da medicina legal e da puericultura. Este trabalho visa apresentar como que, por intermédio da puericultura, a eugenia consolidou-se entre os médicos brasileiros na tentativa de se criar uma raça própria, diferente do caminho percorrido por alemães e norte-americanos, desde o fim do século XIX, consolidando-se no Estado Novo varguista por meio do Departamento Nacional da Criança.
Defendendo a maternidade com uma assistência constante, o Governo zela pela defesa da raça, sistematizando preceitos necessários à conservação e ao desenvolvimento das futuras gerações, que deverão assumir compromissos com os destinos nacionais.

Metadado adicionado por Editora Appris em 04/05/2021

Encontrou alguma informação errada? Perguntar para a Editora Appris

ISBN relacionados

--


Metadados completos:

  • 9786558209355
  • Livro Impresso
  • Cuidar da Criança é Construir a Raça Brasileira: Políticas Públicas de Assistência à Infância no Brasil - 1930 a 1945
  • --
  • 1 ª edição
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • --
  • Medeiros, Helber Renato Feydit de (Autor)
  • Ciências da Saúde e Biológicas, Multidisciplinaridades em Saúde e Humanidades
  • Técnicos
  • SCI056000
  • 2021
  • 19/04/2021
  • Português
  • Brasil
  • --
  • Livre para todos os públicos
  • 16 x 23 x 1.4 cm
  • 0.1 kg
  • Brochura
  • 265 páginas
  • R$ 66,00
  • 49019900 - livros, brochuras e impressos semelhantes
  • 9786558209355
  • 8043
  • --

Áreas do selo: EducaçãoTécnicos

Empreendedora e comprometida com o que faz: é assim a Editora Appris. A escolha do nome Appris, que em francês significa “aprendi”, “aprendido”, tem uma razão especial: representa o rico aprendizado de quem escreve e publica, retrata o aprendizado oferecido aos leitores, além de dialogar com a vivência e a maturidade profissional construída ao longo de 27 anos pelos seus editores e fundadores. Ousamos construir uma editora baseada em atitudes de bondade. Decorrem disso o diálogo, a flexibilidade, o aprendizado contínuo, a ajuda mútua e a alegria de prover satisfação aos autores e aos leitores. Consideramos que relacionamentos editoriais são parcerias constantes e perseverantes entre pessoas que se acolhem e compreendem-se como diferentes e complementares. Com a missão de ser o diferencial em qualidade e competência entre as editoras brasileiras, mantivemos um crescimento contínuo e temos obtido cada vez mais sucesso ao sermos escolhidos para publicar as obras de autores consagrados e iniciantes. Oferecemos aos autores tratamento personalizado e soluções editoriais assertivas. Nossos autores recebem orientação e suporte durante toda a produção da obra, e juntos encontramos resultados criativos e eficazes, proporcionando a eles satisfação e orgulho. Assumimos o compromisso com a excelência e a inovação. Para tanto, todos os livros que publicamos são submetidos a análises e revisões de alto rigor técnico e artístico, atendendo às normativas e aos critérios acadêmicos, potencializando a obtenção de Qualis Livros. Disseminamos o conhecimento pelos livros, que vão ao encontro das necessidades e dos interesses dos leitores, no meio acadêmico, profissional e pessoal. Cobrimos todo o território nacional, além de uma abrangência internacional de 60 países, por intermédio de uma grande rede composta por conhecidas e renomadas livrarias. Com um catálogo com mais de dois mil títulos ativos, somos uma editora em constante crescimento. Já atingimos a marca de 80 lançamentos mensais. Para coroar o desejo dos nossos autores de verem seus livros publicados, possuímos gráfica própria para a impressão das obras. Trabalhamos com um parque gráfico que proporciona alto nível estético, agilidade e eficiência nos serviços. Mais do que livros, publicamos valores: transparência nas atividades é primordial, prudência na condução dos processos editoriais, ética, responsabilidade, verdade, honestidade e respeito ao próximo, à diversidade e ao bem comum. Integridade e respeito são palavras que fazem parte do cotidiano da Editora Appris e estão presentes em todas as nossas negociações. Assim, construímos relações duradouras e verdadeiras, e os bons resultados são uma consequência natural. Buscando novas maneiras de fazer o melhor como provedores editoriais, fomentamos o crescimento pessoal dos colaboradores, autores e leitores, como também a disseminação do conhecimento e a alta cultura no País.

Saiba mais